Homem que teve pênis decepado pela ex-mulher após traição com sobrinha reata namoro: ‘mulher maravilhosa’


Gilberto Nogueira de Oliveira, de 39 anos, o frentista que teve o pênis amputado pela ex-noiva, reatou o  namoro, três meses após o incidente. No início, ele expôs que não iria perdoá-la, mas no dia 15 de março o frentista escreveu para Daiane dos Santos Farias, de 34 anos, que está presa, e questionou se a amada estava bem.
 
Segundo o colunista do O Globo, Ulisses Campbell, a história aconteceu perto do Natal de 2023, quando Daiane descobriu que o noivo dela estava se relacionando com a sua sobrinha de 15 anos. Eles estavam se preparando para casar e já tinha até mesmo mobiliado um sítio em Atibaia, no interior de São Paulo.

Com muita raiva, ela decidiu se vingar. O plano foi coisa de filme: Daiane comprou uma lingerie e preparou uma suíte de hotel. Assim que Gilberto se deitou na cama, sem roupa, Daiane apagou todas as luzes e prendeu um elástico ao redor do pênis de Gilberto e com uma faca cortou o membro. Ela ainda o trancou no quarto para não receber ajuda e jogou as chaves fora.

Ele passou por várias cirurgias desde então e ainda está se recuperando da violência. O homem ganhou uma prótese peniana, que será implantada assim que os ferimentos cicatrizarem.
 
O perdão 

Ainda segundo a publicação, o frentista declarou que ama a mulher "mais do que tudo" e revelou que se sente culpado por ter relações sexuais com a sobrinha da mulher no dia do aniversário de Daiane e diz que nada teria acontecido se ele não a traísse.

Daiane é uma mulher maravilhosa, amorosa, que me ama. Ela não merecia ser traída dessa forma. Foi exposta para todo país. (...) Não me importo com o que os outros pensam. O que realmente importa é o que sinto por ela", teria dito ele, em carta.
 
Daiane também enviou uma carta e contou para Gilberto toda dificuldade que enfrenta na prisão.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipe
Portal Sergipe
Portal Sergipe