Governo Lula retirou 2,9 milhões de pessoas do Bolsa Família em 2023


O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) cancelou, desde o início do governo até o final de setembro, o cadastro de cerca de 2,9 milhões de pessoas do Bolsa Família.

O levantamento, com dados do Ministério de Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), foi divulgado pela coluna do Paulo Cappelli, no Metrópoles. Segundo a coluna, foram canceladas 2.870.743 famílias entre janeiro e setembro de 2023”.


O corte no auxílio, segundo o governo, é uma espécie de “pente-fino” no programa para adequar o pagamento do benefício àqueles que realmente se enquadram nos critérios predeterminados. E a maior parte dos cadastros cancelados são dados incluídos no segundo semestre do ano passado, quando 3,7 milhões passaram a receber o Bolsa Família.


No governo do ex-presidente Jair Bolsonaro, o programa recebeu o nome de Auxílio Brasil, e até o final do ano passado tinha 21,6 milhões de beneficiários. No atual governo, o número de beneficiários atualmente é de cerca de 21,4 milhões, ou seja, 200 mil a menos. Mesmo assim, nesta quarta-feira (4) a Secretaria de Comunicação Social do governo Lula publicou uma campanha afirmando que “o Bolsa Família está crescendo”.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipe
Portal Sergipe
Portal Sergipe