Prefeitura da Barra dos Coqueiros aciona Justiça para que Igor Kannário devolva cerca de R$ 26 mil, correspondente a 20% do cachê recebido


Após problemas de atraso e descumprimento de horário do show do cantor baiano Igor Kannário, a Prefeitura da Barra dos Coqueiros (SE) informou que quer ressarcimento de cerca de R$ 26 mil, correspondente a 20% do valor já pago pela apresentação no arrastão de Carnaval promovido pela gestão. O artista foi perseguido e agredido por populares que teriam ficado inconformados com a postura da banda na última terça-feira (13).

A Secretaria de Turismo do município informou que pagou R$ 130 mil, equivalente a 50% do valor total do contrato (de R$ 260 mil), mas por causa dos transtornos, acionou a assessoria jurídica para a devolução.

Entenda a confusão

Segundo informações da Prefeitura da Barra, durante o arrastão, o show, que estava previsto para às 16h, iniciou após mais de 3 horas de atraso por questões do cantor. Além disso, a apresentação do cantor baiano era para durar 180 minutos (3h), mas foi concluída em 90 minutos – 1h30. Revoltados, os foliões agrediram o cantor no momento em que ele desceu do trio elétrico em direção ao ônibus banda. Imagens da confusão viralizaram nas redes sociais.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipe
Portal Sergipe
Portal Sergipe