TCE vai discutir decreto que suspende parte das atividades em Canindé de São Francisco durante recesso de um mês


O pleno do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE) se reúne nesta quinta-feira (7) para discutir a situação do município de Canindé de São Francisco, que teve um decreto emitido pelo prefeito Weldo Mariano (PT) para suspender as atividades não essenciais da próxima sexta-feira, 8 de dezembro, até o dia 8 de janeiro, como tentativa de ajustar as contas públicas.

A medida surpreendeu o tribunal, segundo o procurador-geral do Ministério Público de Contas do TCE João Augusto Bandeira de Mello.

Pontuando que ao longo de sua atuação como procurador de contas nunca havia se deparado com medida tão extremista, Bandeira de Mello expôs que o município chegou ao limite. “Na minha experiência de 20 anos como procurador de contas nunca tinha visto fecharem serviços públicos. Isso não é normal, não é usual, isso significa que chegou ao limite”, disse.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipe
Portal Sergipe
Portal Sergipe