Bombas de combustíveis com indícios de fraude são interditadas durante fiscalização de postos em Aracaju


Uma nova etapa de fiscalizações da qualidade e eventuais fraudes volumétricas em seis postos de combustíveis de Aracaju é realizada na manhã desta terça-feira (3) pelo Ministério Público de Sergipe. Em um posto localizado na Avenida Barão de Maruim, duas bombas foram interditadas por apresentar vazamento.

"Há indício de fraude volumétrica. O consumidor mas não recebe a quantidade que paga", disse a promotora do Consumidor Euza Missano.

Em junho, as fiscalizações levaram à interdição de quatro postos de combustíveis que tiveram produtos considerados inadequados, conforme análises laboratoriais da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. As unidades voltaram a funcionar em julho.

"Aracaju não ficará mais sem fiscalização de qualidade e volumetria de combustíveis. Também é uma denúncia e reclamação frequente dos consumidores que os preços estão praticamente unificados e isso não facilita a concorrência. Estamos pedindo também todas as notas fiscais", destacou Missano.

Também participam da operação o Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS), Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), procons de Sergipe e de Aracaju, ANP e as polícias Civil e Militar.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipe
Portal Sergipe
Portal Sergipe